PUBLICAÇÕES

NEWS

Armadilhas financeiras: nem tudo que reluz é ouro. Às vezes pode ser golpe!

Nesse cenário, uma das principais causas para a fraude ser bem-sucedida é a pressa do investidor em conseguir lucros. Ou seja, aqueles que buscam lucros altos e rápidos estão mais vulneráveis a golpes. Assim, eles podem ser enganados por ofertas que prometem resultados extraordinários.

Portanto, é importante conhecer quais são essas armadilhas financeiras e descobrir como é possível se proteger. Então acompanhe a leitura para encontrar essas respostas!

O que são armadilhas financeiras?

Para entender como evitar cair em golpes, antes é necessário saber o que são as armadilhas financeiras. Elas consistem em ofertas com benefícios e promessas incríveis que, nas entrelinhas, são uma ameaça para o investidor.

Assim, o investidor aplica o seu dinheiro em uma oportunidade que promete multiplicar o capital rapidamente, mas ela é falsa. Muitas vezes, o golpista a apresenta como um investimento garantido — uma alternativa sem chances de erro.

Desse modo, o investidor entra em um negócio sem estar completamente ciente dos riscos envolvidos. Com isso, além de não conseguir receber a rentabilidade prometida, ele tem chances elevadas de acabar com prejuízo. Já pensou?

Um ponto central de muitas armadilhas financeiras está está no fato de elas não serem reguladas. Operações que não contam com o monitoramento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), por exemplo, trazem maior risco de golpe.

Como identificar se a oferta de investimento é uma armadilha?

Com essas informações em mãos, você pode estar se perguntando como é possível identificar as armadilhas financeiras, certo? Para isso, é importante lembrar um ditado comum: nem tudo o que reluz é ouro.

Dessa forma, uma das dicas mais importantes para identificar uma armadilha é analisar a oferta com cuidado. É preciso estudar sobre a proposta que foi feita e entender se existem garantias confiáveis ou se estão claros os riscos que o investimento envolve.

No mercado de investimentos, o potencial de ganhos é proporcional ao risco. Logo, para ganhar mais é necessário arriscar mais — e não é possível assegurar ganhos ao investidor, especialmente na renda variável. Portanto, lucros garantidos têm grandes chances de representarem uma armadilha.

Também é preciso ficar atento às promessas de ganhos extraordinários, como você viu. Muitas vezes os golpistas apelam para o lado emocional das vítimas com ofertas de lucros incríveis. Por isso, sempre desconfie de propostas vantajosas demais.

Quais são os golpes financeiros mais comuns?

Agora que você entendeu o que são as armadilhas financeiras, é importante saber quais são os principais golpes do mercado. Assim, você terá uma maior segurança para identificá-los e evitá-los ao longo da sua trajetória enquanto investidor, não é mesmo?

Pirâmides financeiras

As pirâmides financeiras estão entre os golpes mais comuns e mais antigos do mercado. Elas recebem esse nome justamente por terem um formato de pirâmide em seu esqueleto. Isso significa que há poucas pessoas no topo e muitas na base.

Esse tipo de esquema funciona a partir da chamada constante de novos membros. Para participar, a pessoa geralmente precisa arcar com uma taxa de entrada. Então o dinheiro que ela pagou é utilizado para remunerar aqueles que estão acima desse participante na pirâmide.

Dessa maneira, os ganhos prometidos pelo golpista não vêm de investimentos, mas de novas vítimas. Esse funcionamento é insustentável, já que a entrada de mais pessoas não pode se dar de forma infinita.

Golpes com mercado Forex e Opções Binárias

Ao longo dos últimos anos, muitos especuladores têm buscado oportunidades no Foreign Exchange Market (Forex). Ele consiste em um espaço digital, em que é possível fazer a negociação de moedas — sendo um dos maiores mercados de câmbio do mundo.

Nesse tipo de mercado, os especuladores operam a partir da percepção de valorização ou desvalorização de uma moeda a partir de pares cambiais — como dólar e real, por exemplo. O objetivo é gerar ganhos no curto prazo, geralmente com operações de day trade.

O mesmo acontece com as Opções Binárias. Nesse caso, a dinâmica está em apostar na alta ou queda de um par de moedas, índices, ativos, etc, em um determinado período.

Contudo, o mercado Forex e as Opções Binárias não são regulamentados no Brasil. Isso significa que não há nenhuma instituição do país que monitore esse ambiente e apresente proteção aos investidores. Aproveitando essa lacuna, muitos golpistas atuam realizando fraudes.

Eles podem fazer promessas de ganhos garantidos e tirar dinheiro dos investidores. No entanto, vale destacar que não é ilegal operar no Forex ou Opções Binárias.

Nem toda operação nesse mercado será golpe — mas os riscos são mais altos pela falta de segurança institucional, combinado?

Fraudes com criptomoedas

O mercado de criptomoedas teve um amplo desenvolvimento ao longo dos últimos anos. Com isso, ele conseguiu despertar o interesse em muitos investidores. Infelizmente, os golpistas também aproveitam para operar e enganar muitos interessados.

Assim como acontece com o Forex, as operações com criptomoedas não são reguladas no Brasil. Logo, apesar de não ser ilegal investir em ativos digitais, o risco de cair em golpes de criminosos é maior.

É comum que, no mercado de criptoativos, o golpista faça promessas de ganhos rápidos e exorbitantes. Como não há regulação, as vítimas não têm um órgão para prover a segurança institucional necessária. Então, é importante ficar atento.

Como evitar cair nessas armadilhas?

Entendeu as principais armadilhas do mercado financeiro? Embora elas possam ser uma ameaça, existem formas de se proteger de golpes. Confira!

Estude sobre o mercado

A principal forma de evitar cair em armadilhas financeiras é estudando sobre o mercado de investimentos. Como vimos, muitos golpistas se aproveitam da falta de entendimento dos investidores para fazer promessas irreais.

Por isso, ao entender como os investimentos funcionam — evitando buscar lucros rápidos, por exemplo —, você minimizará as chances de ser vítima de um golpe. Também é interessante focar em investimentos com regulação da CVM, para contar com segurança institucional, beleza?

Tome decisões racionais

Outra dica importante para fazer investimentos com mais segurança é tomar decisões após fazer análises de cenários. Quando você toma uma decisão apenas por motivos emocionais, fica mais suscetível a erros e golpes.

Por isso, sempre que você se deparar com uma oferta incrível, é importante analisar com cautela e entender o que está em jogo, de fato. Afinal, como vimos, nem tudo que reluz é ouro!

Agora você sabe que existem diversos tipos de armadilhas financeiras no mercado. Portanto, é indispensável saber quais são as mais comuns e como elas funcionam. Assim, você poderá fazer investimentos com mais consciência e se proteger de golpistas!

BY ALEXSANDER QUEIROZ SILVA
Fonte: Como Investir | ANBIMA

Voltar