PUBLICAÇÕES

NEWS

Autoridades monetárias não devem interromper inovação, diz BC da França sobre criptoativos

O presidente do banco central da França, François Villeroy, afirmou nesta quinta-feira que “não há contradição entre regulação e inovação” de criptoativos.

Em videoconferência promovida pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês) para tratar da regulação de ‘big techs’, Villeroy disse que um mercado desregulado de criptoativos “pode gerar instabilidade” e afetar a proteção ao consumidor. De acordo com ele, as autoridades monetárias precisam ser “claras sobre o nosso papel como reguladores” e, ao mesmo tempo, não interromper a inovação.

Villeroy citou como possível fonte de riscos ao sistema o crescimento “significativo” das DeFI, as plataformas descentralizadas de finanças, desde setembro do ano passado.

Vice-presidente do Financial Stability Board (FSB), Klaas Knot afirmou que a instituição vem monitorando o mercado global de criptoativos e que, por enquanto, eles “ainda não são um risco ao sistema financeiro”. O FSB é um órgão internacional de monitoramento e que faz recomendações a respeito da estabilidade financeira mundial.

Segundo Knot, a volatilidade desses ativos existe, mas ainda “não foi para outras áreas do sistema financeiro”. Caso a situação continue assim, “não vamos pisar nos dedos” e invadir áreas de competências dos bancos centrais, afirmou ele, que também é presidente do banco central da Holanda.

BY ALEXSANDER QUEIROZ SILVA
Fonte: Valor Investe

Voltar